Porque ensinar preservação do meio ambiente para crianças? Principal Publicações Publicação Voltar

Publicações

Porque ensinar preservação do meio ambiente para crianças?


Publicações, publicado em 04/10/2021

Por muito tempo o meio ambiente foi visto como um tema de nicho. Uma conversa de alguns defensores da natureza ou de ONGs preocupadas com a preservação dos rios ou de uma espécie de animal em extinção. Falar em educação ambiental, então, era para poucos. O tema mal aparecia no cotidiano das escolas infantis: no máximo, as crianças eram incentivadas a desenharem ou pintarem sobre o tema no Dia da Árvore.


Mas, nas últimas décadas, a conscientização aumentou na mesma medida em que fomos surpreendidos pelas consequências de não cuidarmos do meio ambiente. Começamos a ouvir falar sobre o aquecimento global, sobre as mudanças climáticas que provocaram secas e inundações fora do comum, sobre a quantidade de plástico no mar que mata os animais.


Um senso de urgência tomou conta da sociedade, que cada vez mais pensa no meio ambiente, quase que por uma questão de sobrevivência. Nesse movimento as escolas têm um papel fundamental. Falar do meio ambiente na educação infantil é essencial para a formação de indivíduos responsáveis e conscientes de seu papel na preservação do planeta.


O tema está no conceito do Método Montessori, conheça!


É claro que a educação ambiental é um processo contínuo e que também depende das famílias. Mas, a escola pode começar esse movimento, ensinando alguns princípios básicos para que a criança se apaixone pelo tema. Além disso, a educação ambiental está prevista na Política Nacional da Educação Ambiental para todos os níveis de ensino.


Por que começar na educação infantil?

A infância é um dos períodos mais importantes na trajetória de um indivíduo. É nesse momento que ele começa a interagir com a ideia de sociedade, aprende conceitos, é bombardeado com uma série de valores que serão a grande base para a sua vida. É por isso que essa é a melhor fase para trabalhar a educação ambiental.


Uma criança que aprende, desde cedo, que ela é parte da natureza e não proprietária dela terá uma relação muito mais sustentável com o meio ambiente. Ela saberá que precisa jogar o lixo no lugar certo não apenas porque a professora mandou, mas porque ela tem responsabilidade com o planeta e porque se ela não fizer isso estará prejudicando sua própria casa.


As crianças que são ensinadas a olharem para os ciclos da natureza, que têm a oportunidade de plantar uma muda ou visitar a nascente de um rio se tornam apaixonadas pelo meio ambiente. E, consequentemente, crescem com um senso de cuidado e preservação muito maior do que aquelas que não são incentivadas nesse sentido.




VEJA TAMBÉM